IT: A Coisa

O horror na obra de Stephen King, em sua maioria, se estabelece a partir da inserção do fantástico, do bizarro e do inominável nos ambientes e cenários mais prosaicos possíveis. Pode ser um carro possuído, um são-bernardo assassino ou um palhaço que oferece balões à crianças.

21728558_10156148618894672_4145913959683175130_n
Não é por acaso que IT é uma das melhores, senão a melhor, obra do mestre, e que finalmente ganha uma versão a altura.

Dirigido por Andy Muschietti, IT bebe direto da fonte de filmes como E.T., Goonies e até mesmo de Conta Comigo, também baseado numa obra de King. Isso faz com que o filme equilibre de forma eficiente a nostalgia do rito de passagem com o medo presente – e constante – nesta transição.

Neste ponto, o diretor é inteligente ao colocar o terror em segundo plano. Ainda que as aparições e alucinações causadas por PennyWise sejam assustadoras na medida certa, o que fica do filme é o relacionamento e a amizade entre os sete amigos.

Vale aqui destacar que poucas vezes se viu um elenco juvenil tão bom – capaz de criar uma empatia imediata com o público, emocionando e divertindo na medida exata.
Muschietti faz de IT um filme de certo modo tradicional – estão ali todos os clichês narrativos e visuais esperados, desde a música que sobe a medida que a tensão aumenta, a casa que pinga sangue até a famigerada caixinha de música e as vozes de crianças na trilha sonora. 

Mas ele trabalha estes elementos de forma tão orgânica e madura que isso, curiosamente, funciona muito bem, tornando IT uma das experiências mais tensas e nervosas do ano.

Subtraindo com esperteza alguns dos momentos mais viajados da obra original – não há uma tartaruga gigante explicando a origem da Coisa, por exemplo – Muschietti se concentra naquilo que mais importa: seus personagens e seus medos – os ecos de preconceito, violência, abuso, bullying e insegurança são, por si só, muito mais assustadores que o exuberante PennyWise.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s