Liga da Justiça (2017)

O grande problema do Universo Cinematográfico da DC parece ser o fato de que, ao contrário de sua concorrente Marvel, não há um planejamento executado de forma consciente ao longo dos anos com vistas a projetos futuros. Na verdade, o chamado DCU vive de tentar corrigir os erros do passado. Assim, após a recepção morna a … Continue lendo Liga da Justiça (2017)

Anúncios

IT: A Coisa

O horror na obra de Stephen King, em sua maioria, se estabelece a partir da inserção do fantástico, do bizarro e do inominável nos ambientes e cenários mais prosaicos possíveis. Pode ser um carro possuído, um são-bernardo assassino ou um palhaço que oferece balões à crianças. Não é por acaso que IT é uma das … Continue lendo IT: A Coisa

Bom Comportamento

Os primeiros 15 minutos de Bom Comportamento são de uma genialidade tão palpável [sem medo de usar esse termo de forma gratuita] que mesmo que o filme descambasse no abismo posteriormente já valeria a pena o tempo investido. Felizmente, a obra dos irmãos Ben e Josh Safdie mantém a qualidade narrativa e estética em um … Continue lendo Bom Comportamento

Lady Macbeth

Baseado na obra de Nikolai Leskov, Lady Macbeth é um obra perturbadora em seu retrato do papel da mulher em uma sociedade primordialmente paternalista e misógina. Vendida a seu marido, a jovem Katherine [a quase estreante Florence Pugh entregando uma atuação de veterana] se vê presa em mundo repleto de restrições e preconceitos. Ao se … Continue lendo Lady Macbeth

Star Wars: O Despertar da Força (2015)

O que temos aqui – para além da memória afetiva e da expectativa – é uma obra carregada de nostalgia que chega derrubando todas as portas com um olhar moderno e relevante. Para nós, sortudos espectadores, resta apenas que nos entreguemos de corpo e alma a essa deliciosa aventura de muito tempo atrás numa galáxia muito distante.

Quarteto Fantástico (2015)

O novo filme do Quarteto Fantástico é uma aventura que funciona de forma eficiente até exatamente 55 minutos de projeção, quando então a mão do estúdio entra com força na obra e transforma a última meia em um emaranhado de segmentos desconexos, apressados e bizarros, esfacelando qualquer possibilidade de redenção. Não é o desastre que os mensageiros do Apocalipse trombeteiam, mas sim um produto obviamente mutilado incapaz de elevar-se acima do medíocre.

Capitão América: Guerra Civil

Guerra Civil é filme pipoca da melhor qualidade, com um desenvolvimento de personagens mais do que bem sucedido e que ainda encontra tempo para discutir temas dos mais pertinentes, tudo isso embalado em uma obra visualmente impactante e emocionante. Um filme de super heróis como todos deveriam ser.

O Regresso (2015)

Não há uma cena sequer em O Regresso que não esteja a serviço do virtuosismo técnico e narrativo do diretor Alejandro Gonzáles Iñárritu. Se isto, por um lado, transforma o filme em uma experiência sensorial como poucas, por outro, mostra um diretor que, assim como em Birdman, parece mais preocupado em mostrar seu talento como artista (e esteta) do que em contar a sua história. Em alguns momentos, isso pode soar de forma absolutamente brilhante. Em outros, porém, soa apenas como verniz desnecessário e por vezes inconveniente.